terça-feira, 8 de maio de 2012

Sacolas Plásticas

O assunto está meio batido, até porque não vejo mais solução para isso. Mas vamos a ele.
Para quem não sabe, as sacolas plásticas para compras de supermercado foram banidas no estado de São Paulo. Se você não mora por aqui, não ria: ideias estúpidas disseminam-se rápido. A alegação é que o plástico das sacolas PET se degrada muito lentamente e está provocando sérios efeitos ambientais.
Mentira pura.
As sacolas PET são usadas como sacolas de lixo há anos por milhões de cidadãos. Na ausência delas, vamos ter que comprar sacolas PET especificamente para o lixo. O que era grátis agora tem que ser comprado. E para carregar nossas compras, temos que nos virar: trazer sacolas ou caixas de casa, usar caixas sujas fornecidas pelo supermercado, carregar na mão... Uma completa babaquice.
O plástico dos sacos de arroz, feijão e tantos outros produtos continua o mesmo PET. Ele não polui ?
Se os supermercados estão tããããããão preocupados assim, por que não fornecem sacolas biodegradáveis gratuitamente ? Ou pelo menos a preço de custo, cerca de R$ 0,02 cada em vez dos R$ 0,25 cobrados por aí ?
E o plástico de todos os outros itens no mundo não polui não ?
Não era viável retornarmos às sacolas de papel usadas até os anos 80 em tudo que era lugar ?
Ok, está fácil entender. Os supermercados resolveram economizar um par de bilhões de reais com essa mentira. Pelo menos faz sentido. O que me espanta mesmo é uma minoria de ecochatos que compra essa história e acredita que isso vai resolver alguma coisa. É burrice aguda.
Em protesto, estoquei sacolas das principais redes de supermercado. E quando vou a um, uso sacola dos outros. Mais ou menos assim:

Ajude, divulgue, participe.

2 comentários:

  1. Bom, eu usava sacola retornável já faz um tempo porque eu ganhava desconto. Hoje uso porque, bem... Já tenho elas mesmo. De mais a mais, acho que paguei só por uma delas, e estamos falando de umas dez...
    Mas que é uma palhaçada, isso é. Podiam pelo menos assumir que é corte de custo e pronto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, seria mais honesto. Não foi nada honesto...

      Excluir